22/02/13

a Leonardo


mosteiro_batalha, claustro, mão, leonardo_da_vince

~ 4 comentários: ~

Remus says:
at: 22 fevereiro, 2013 19:49 disse...

Eu penso (logo existo), que poderias ter aproveitado a parte do braço (com um ajuste de enquadramento), para esconder aquela senhora que aparece perdida no meio do jardim.
Mas compreendo-te, durante as férias, não existe lugar a fotografias "muito pensadas".
;-)

Jane Gatti says:
at: 23 fevereiro, 2013 00:04 disse...

A foto, como obra de um artista, deve ser sentida, percebida, identificada pelo observador. Eu, como observadora, percebo o frescor do presente perante as marcas visíveis do tempo; a obra humana, estática, frente à imobilidade momentãnea da vida. E mais: a referência, o subentendido. A obra de arte, enfim, cumprindo seu papel. Perfeito! Abraços.

Lis says:
at: 23 fevereiro, 2013 08:55 disse...

Heeee...that is really funny...I like your style :-)
Have a wonderful week end.
All the best.

Nuno Sousa says:
at: 15 maio, 2013 11:16 disse...

Muito bem. Batalha, não é?

~ Enviar um comentário ~

+

Disto e Daquilo + popular do mês

Estes e Aqueles

Destes e Daqueles

Caixa de Arquivo

Siga por e-mail

Estes Que Gostam Disto

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.